Escola de Música- Inscrições Abertas- Ensino Gratuito

Informações:
filarmonica.acrems@gmail.com
962305082 (Prof. Albano Neto)

Escola de Música Lidera Ranking Nacional de Escolas.
IN: http://www.publico.clix.pt/Educa%c3%a7%c3%a3o/uma-escola-publica-lidera-embora-as-privadas-continuem-a-dominar_1404820
Mais uma prova de que a MÚSICA é importante no desenvolvimento global das pessoas!
Inscrições abertas a todas as idades a partir dos 7 anos!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Concertos de Bandas Filarmónicas em São Brás de Alportel


Num Mês de Música, São Brás de Alportel acolhe, no próximo dia 5 de Outubro, um Concerto de Bandas Filarmónicas, que terá lugar pelas 17h00, no Cine-Teatro São Brás.

Este concerto marca encontro com 3 bandas filarmónicas do Algarve: Banda da Sociedade Filarmónica Artistas de Minerva, de Loulé; Banda da Sociedade Filarmónica Lacobrigense 1º de Maio, de Lagos; e Banda da Associação Cultural e Recreativa Escola de Música Sambrasense, Banda Filarmónica de São Brás de Alportel.

As Comemorações do Dia Mundial da Música, iniciadas no passado dia 1 de Outubro, prosseguem no dia 5 com este espectáculo comemorativo, que promete surpreender pela diversidade de interpretações e potencialidades destes grupos, constituídos por artistas de todas as idades e com vários níveis de experiência no mundo da música.

Abrirá o palco aSociedade Filarmónica Artistas de Minerva, fundada em 1876, que conta nos dias de hoje com mais de 50 elementos de várias faixas etárias e uma vasta experiência no mundo da música. Ao longo do exercício da sua actividade em prol da cultura e da arte musical, foi reconhecido o mérito desta Banda em vários prémios e concurso, entre os quais se destacam: a Medalha de Ouro de Instrução e Arte e a Medalha de Mérito associativo pelos 114 anos de existência efectiva pela Federação Portuguesa das Colectividades de Cultura e Recreio e ainda a Medalha de Mérito Municipal, Grau Prata, pela Câmara Municipal de Loulé.

Em São Brás de Alportel, a Banda Filarmónica Artistas de Minerva reserva a interpretação de músicas de Afonso Alves, Frank Bernaerts, Álvaro Reis e Maurizio Fabrizio.

A segunda actuação da noite caberá àSociedade Lacobrigense 1º de Maio, fundada em 1931. Esta banda filarmónica, composta por 40 músicos, com idades compreendidas entre os 8 e os 65 anos, participa anualmente em diversas actividades de carácter cultural no país e no estrangeiro, tendo sido agraciada com a Medalha de Mérito Municipal "Grau Prata", pela Câmara Municipal de Lagos e com a medalha de Mérito Associativo, pela Confederação das Colectividades de Cultura Recreio e Desporto.
Do vasto reportório disponível, a Banda Lacobrigense 1º de Maio seleccionou meia dúzia de interpretações de Ferrer Ferran, Michael Brown, Jacob de Hann, Afred Reed, John Higgins e Jay Chattaway especialmente ensaiadas para o espectáculo são-brasense.

O Concerto de Bandas Filarmónicas encerrará ao som daBanda Filarmónica de São Brás de Alportel, integrada da Associação Escola de Música Sambrazense. Criada inicialmente, em 1996, como banda de Metais dos Bombeiros Voluntários, a banda adquiriu um estatuto diferente em 2006, passando então a designar-se por Banda Filarmónica de São Brás de Alportel. Constituída por dezenas de participantes de idades diversas, a Banda Filarmónica de São Brás de Alportel encerra este espectáculo comemorativo do Dia Mundial da Música com a execução de peças de Valdemar Sequeira, Chip de Stefano, Jacob de Hann e Philip Sparke.

Este Concerto de Bandas Filarmónicas, organizado em parceria pela Fundação INATEL - Instituto Nacional de Apoio aos Tempos Livres e Câmara Municipal de São Brás de Alportel pretende assinalar o Dia Mundial da Música através da preservação e valorização das práticas culturais de carácter amador e tradicional, uma riqueza que deve ser transmitida de geração em geração.

sábado, 10 de setembro de 2011

Master Class de Saxofone em São Brás de Alportel

São Brás de Alportel acolhe MasterClass de SaxofoneNos próximos dias 10 e 11 de Setembro, São Brás de Alportel volta a ser palco de mais uma iniciativa dedicada à formação de jovens talentos, desta feita com uma acção de formação de MasterClass de Saxofone.Promovida em parceria pela Fundação INATEL e Câmara Municipal de São Brás de Alportel, esta iniciativa destina-se a jovens de toda a região do Algarve, com formação em saxofone, e tem por objectivo proporcionar a todos os participantes uma “formação intensiva de qualidade […] que potencie novas metodologias de estudo e performance do mesmo”.A formação em MasterClass de Saxofone, orientada pelo Professor Carlos Ramalho, conta com a participação de executantes de renome a nível instrumental, de forma a enriquecer a troca de experiências e conhecimentos entre todos os músicos.O primeiro dia de formação decorre no Centro de Artes e Ofícios de São Brás de Alportel, entre as 10h00 e as 19h30. Na parte da manhã, entre as 10h00 e as 13h00, a acção contempla trabalhos de grupo, reservando para a parte da tarde, entre as 14h30 e as 19h30 uma abordagem mais específica sobre técnicas de saxofone, seguida de trabalhos individualizados.O segundo e último dia de formação é constituído por uma manhã de trabalhos de grupo, que antecede um segundo momento, entre as 14h30 e as 17h30, dedicado a ensaios gerais, na Galeria Municipal. A formação culmina com a uma apresentação pública pelas 17h30, no mesmo local.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Pela primeira vez participámos na Festa das Tochas Floridas....

Parabéns aos Músicos e à organização desta procissão. Foi com   muito orgulho que a Banda de São Brás de Alportel participou neste grande evento.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

"UMA CRIANÇA, UM INTRUMENTO" Divulgue! Vote! Apoie esta Iniciativa!!

As bandas filarmónicas representam no nosso país um dos maiores exemplos de tradição e cultura, desempenhando um papel de relevo, nomeadamente fora dos grandes centros urbanos, na vida cultural de amplas faixas da nossa população, com um universo de milha...res de músicos amadores que fazem da sua prática e experiência musical uma paixão com dedicação absoluta.  É sabido que a grande maioria dos nossos músicos profissionais na área dos sopros e percussão iniciou a sua formação nas bandas filarmónicas sendo estas uma base de formação e uma ligação fundamental entre o meio popular e o dito erudito. Esta prática é uma realidade pujante que desempenha um papel nacional muito relevante na educação de todos e, em particular, da juventude para a arte e a cidadania. Em Portugal existem hoje cerca de 800 bandas amadoras envolvendo directamente, em actividades, um número superior a 30 000 músicos. A música amadora é, de facto, uma área da actividade que, em Portugal, assim como na Europa e no Mundo, envolve uma multidão de praticantes e de apreciadores representando um substantivo contributo para o desenvolvimento social, educativo, cultural e económico das comunidades, dos povos e dos países. No plano educativo, é demonstrativo o elevado papel das bandas filarmónicas como sensibilizadores,  formadores e informadores de jovens músicos no nosso país. É por isso relevante a importância de projectos que desenvolvam, formem e inovem, com prioridade à criatividade, na busca de caminhos que contribuem para o desenvolvimento do meio musical.     "UMA CRIANÇA, UM INTRUMENTO" Divulgue! Vote! Apoie esta iniciativa! É só registar no site e pode atribuir até 10 créditos nesta ideia: 

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Banda Filarmónica Simão da Veiga - Lavre abre IV Ciclo de Bandas Filarmónicas


Realiza-se domingo, dia 27 de Fevereiro, às 16 horas, no Cineteatro de São Brás de Alportel, o 1º concerto do IV Ciclo de Bandas Filarmónicas - São Brás de Alportel.
Apesar da informação do cartaz o indicar a Banda de São Brás não actuará e nunca esteve prevista a sua actuação.
Um dos objectivos deste ciclo musical é levar a São Brás de Alportel bandas filarmónicas de outras regiões do país e de qualidade musical elevada, como é o caso da banda convidada para este Domingo, a Banda Filarmónica Simão da Veiga – Lavre (Montemor-o-Novo). Esta banda tem averbado, desde 2006, dois primeiros prémios em concursos nacionais de música organizados pela Fundação INATEL e colaborações, em concerto, com nomes reconhecidos do nosso meio musical, nomeadamente, o tenor Carlos Guilherme, a cantora Anabela, o maestro António Vitorino D’Almeida, a cantora Maria João e o pianista e compositor Mário Laginha.
O ciclo é organizado, anualmente, pela Banda Filarmónica de São Brás de Alportel, um dos mais recentes projectos, deste tipo de agrupamento musical, no Algarve e tem o apoio da Câmara Municipal de São Brás de Alportel e Fundação INATEL (delegação de Faro).
O concerto é de entrada gratuita e tem o seguinte programa:Programa
ABERTURA SOLENE………..Lino Guerreiro
SECOND DAWNING……….James L. Hosay
EL CAMINO REAL……………Alfred Reed
IBERIEN ESCAPADES………Robert Sheldon
EXPRESSO DO ORIENTE...Philip Sparke
COSTA DEL SOL…………..…David Shaffer
SUMMERTIME………………G. Gershwin / arr. Toshio Mashima
Algumas notas sobre a Banda Filarmónica Simão da Veiga – Lavre (Montemor-o-Novo).
“É antiga a tradição musical da histórica vila alentejana de Lavre. Remonta, efectivamente, ao dia 1 de Dezembro do ano de 1889 a primeira aparição pública oficial da Banda da Sociedade Fraternidade Simão da Veiga. Foi seu mentor o distinto lavrense e exímio cavaleiro e pintor animalista, Simão Luís da Veiga.
Em Abril de 2006, a Banda de Lavre participou, em primeira categoria, no Concurso de Bandas Ateneu Artístico Vilafranquense, em Vila Franca de Xira, tendo apresentado uma excelente prestação. Em Junho do mesmo ano, alcançou o primeiro lugar no concurso nacional promovido pelo Inatel – Encontrão 2006, na componente musical – Festimúsica, com a apresentação do projecto Sons do Exótico. O Grande Livro da Fantasia foi o título escolhido para igual participação, em Junho de 2007, tendo a Banda de Lavre alcançado, uma vez mais, o primeiro lugar.
Muito relevante tem sido a aposta da Banda de Lavre, em parceria com a Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, na realização, nesta cidade, de espectáculos de nível superior, integrados na programação do Ciclo de Outono. Neste âmbito, merecem referência o concerto, realizado em Outubro de 2007, com o Maestro António Victorino d’Almeida, o concerto levado a efeito, em Dezembro do ano seguinte, com o tenor Carlos Guilherme, o espectáculo Sons e Vozes de Outono, realizado em Dezembro de 2009 com a participação de Carlos Guilherme e de Anabela, e, finalmente, o tributo ao compositor norte-americano George Gershwin (Gershwin, a Utopia da Vanguarda e Outras Formas de Ouvir...), que juntou em palco, em Dezembro de 2010, a Banda de Lavre, o pianista Mário Laginha e a cantora Maria João.
Actualmente, a Banda de Lavre conta com um quadro efectivo de 57 elementos, dirigido, desde Fevereiro de 2001, pelo Maestro, Prof. Fernando Palacino.”

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

I Concurso Nacional de Composição para Banda, da BSP

"A Banda Sinfónica Portuguesa anuncia a sua primeira edição do Concurso de Composição para Banda. Este concurso tem como objectivo estimular a criação de reportório para banda. É exclusivo a compositores portugueses, contudo não há qualquer tipo de restrição quanto à idade dos candidatos.

Sede:
Academia de Música Costa Cabral
Rua Costa Cabral, 877
4200-225 Porto
Contactos e regulamento:
Telefone: 225 500 901

Mail: info@bandasinfonicaportuguesa.com
Se é compositor participe e mostre que é capaz!"

Noticia retirada do site www.bandasfilarmonicas.com

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Jornal Público promove chat sobre direitos de autor e música na era da Internet

http://http://static.publico.pt/homepage/chat/musica/

"
Miguel Carretas, jurista e director da Audiogest, responde a questões dos leitores do PÚBLICO. Participe no chat, esta quarta-feira, às 11 horas." Fonte - Público online

Associação Almadrava - Cursos em Tavira


quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Furto de um trombone

Divulgamos o seguinte mails que nos foi enviado:

"Caríssimos,
O meu nome é Osvaldo Samuel Fernandes sou Trombonista, pertencente ao Concelho de Braga e venho por este meio alertar para o furto de um Trombone de Varas dourado, marca: Edwards modelo: T350-E (modelo mais comum/utilizado aqui em portugal).
Como músico e dependente do trombone para ganhar a minha vida, venho apelar a vossa solidariedade no sentido de divulgar este furto através dos vossos conhecimentos pois o trombone poderá tentar ser vendido a qualquer músico.

Em anexo envio uma foto do modelo do trombone para poderem ficar com uma ideia.

O meu muito obrigado a todos pela ajuda disponibilizada,

Cumprimentos,

Osvaldo Fernandes
osvaldosamuel@gmail.com

Caso saibam ou descubram algo, entre em contacto comigo: Osvaldo Fernandes 914602781
"

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011